António Banza Parreira

António Banza Parreira todos os dias carrega, desde Setúbal,  dramatismo e tragédia  para as ruas de Lisboa.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 Responses to António Banza Parreira

  1. efe diz:

    Um verdadeiro artista. Mas sem “padrinhos” que o coloquem frente às câmaras da TV – coisa reservada a canastrões, parasitas e “afilhados” que, repetidamente, usufruem dessa benesse mediática e convertem em proveitos materiais.
    Somos assim.

    Obrigado pela revelação do Toni Banza.

  2. Pedro diz:

    Passo por ele todos os dias, e à vinda para casa, apanho-o sempre no metro. Sai na Praça de Espanha, para apanhar o autocarro para Setúbal. Tem vozeirão.

  3. Como é possível arrastar-se pelas ruas, fazendo delas o Palco, neste Tempo da Glorificação dos Palcos??? Talvez por a sua voz não ser qq coisa …
    Obrigada. Y “Divulgarei” no meu Blog Tb.

  4. Helder Fernando diz:

    Obrigado por tal partilha. Esse senhor ANTÓNIO BANZA PARREIRA, a avaliar pelo que está no Youtube, tem muito mais engenho e arte do que a esmagadora maioria dos chamados artistas da música que costumam encher os programitas da televisão pública. E na rádio pública Antena 1, salvam-se algumas ilhas e, em lugar de destaque o bom gosto, o conhecimento e a impecável escolha do profissionalão Armando Carvalheda.
    Por estas e por muitas outras vale sempre a pena estar atento ao “5 Dias”!

  5. Caro Hélder, sem querer desfazer do Cinco Dias, por estas e outras vale sempre a pena estar atento ao João Branco!
    Agora devo confessar que não tenho paciência nenhuma para artistas de rua, que aparecem sem serem solicitados. Eu na rua gosto que me deixem em paz. Em Paris, quando apanhava o RER para a Polytechnique, já não podia com eles. Queria ir sossegado a ler artigos e não podia porque todos os dias apanhava um diferente (mas sempre com a mesma lamúria). No fundo eu sou um novaiorquino. Agora quando são bons gosto de os ouvir, numa ocasião em que esteja a contar com isso, como é o caso de aqui no blogue.

  6. Elisa diz:

    Vi este senhor a cantar na Baixa de Lisboa. Pensei: será que não passa ali ninguem com poder para o pôr frente às câmaras da televisão? mete muitos pseudo artistas que lá vão a um canto.

  7. Viva a arte na rua!!!!! Conheço pessoalmente o António Parreira e acreditem que canta com a alma.

Os comentários estão fechados.