Vital Moreira descobriu um novo filão, nova mina talvez

acconci_centers_xl
Vito Acconci. “Centers” (vídeo). 1971.
Vital Moreira descobriu um novo filão para a sua prosa.
Reforçar o sustento e o apoio de todos os passos do governo do Partido dito Socialista?? Não, o novo filão de Vital Moreira é ……….. Vital Moreira, a revolução e revelação do Parlamento Europeu (o futuro é hoje, claro). São pouco mais do que 10:30 da manhã e V. Moreira já escreveu dois posts sobre V. Moreira.
Notável. Um tipo levanta-se cedo (e isto para mim ainda é muito cedo) e escreve apenas dois pequenos textos sobre si próprio, o quanto “si próprio” está a impactar, o quanto está a incomodar e a desbaratar os seus adversários.
Primeiro texto:
«Sem surpresa, o anúncio público da minha candidatura ao Parlamento Europeu suscitou os inevitáveis ataques pessoais, a par de alguns comentários malévolos, em geral ditados pelo despeito e pelo ressabiamento.
Se julgam que lhes vou dar troco, desconhecem-me. Nunca desço ao seu nível…»
Segundo de dois textos (!!):
«Mas o mais grave tem sido a inércia e o silêncio da direcção do PSD perante o lançamento por José Sócrates do nome de Vital Moreira como candidato do PS durante o XVI Congresso do PS em Espinho.» [citando VM o blogue ABC do PPM]
Vamos entrar numa nova vida. Numa Europa renovada.

[Uma espécie de post-scriptum ao post do Tiago, em baixo; li-o depois de colocado o meu; tudo isto reforça a revolução impactante que a candidatura de VM está a causar!!]

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

14 respostas a Vital Moreira descobriu um novo filão, nova mina talvez

  1. Antonio Cunha diz:

    Aqui está o comuna merdoso que gostava de colocar uns quantos no Campo Pequeno. Ainda gostas do Otelo palhaço ?

  2. Carlos Vidal diz:

    Não conheço este tipo de lado nenhum.
    Mas, é verdade, o Otelo foi um moderado. Uma revolução nunca pode ser um convite para jantar.
    Não deixaria nenhum Cunha nem nenhuma cunha fora do Campo Pequeno.

  3. Antonio Cunha diz:

    É nestas alturas que acho que a democracia e a liberdade não servem para certos tipos de gente.

    Tens liberdade para dizer o que te apetece. Mas esqueces que usas aquilo que é privado às pessoas que vivem debaixo do jugo comunista.

    O Comunismo é o Flop do seculo XX e responsavel por 120 Mlilhoes de mortes.

    Como comunista deves estar contente. Parabens

  4. mas pensava eu que haviam sido 100 milhõezitos e já vai em 120? como eu ando distraído, deve ter sido o Chaves que já arrumou mais uns milhões e assim vai ele produzindo o petróleo, e faz isso com o nosso Magalhães à cabeceira, o sem vergonha.

  5. Ó! António Cunha:
    Y se gostar qual é o teu Problema? Não é o Salazar o favorito dos Tugas, por piadóla ou não? Ora, não te tocas, tb nesse ponto?? Pois. Era bom a reflexão!
    Y já agora: mtos foram aqueles que andaram com o Otelo ao colo, y mtos andariam novamente com ele nas palminhas se isto desse uma volta. Y quase que aposto que nestes últimos mais depressa eras tu o protagonista do que o CV a fazê-lo. Pois. Atenção que isto não é pessoal. Mas é sempre a assim que as coisas acontecem, … as pessoas com o perfil do teu comment são sempre as primeiras a virar para aonde o vento vira.

  6. Antonio Cunha diz:

    Ó “de Puta Madre”

    Otelo teve a sua importancia no d25 de Abril (o dia) e na preparação do golpe. Depois deslumbrou-se, e assim que foi capa da Time. o homem perdeu o tino.

    O Verdadeiro dia da libertação do Povo Portugues de opressões, ditadores e demais bestas, foi o 25 de Novembro. Acabou-se com a brincadeira e começamos a construir uma sociedade a sério. Temos 30 anos de democracia e somos jovens. Temos o futuro pela frente e reduzimos muito o atraso.

    O que não admito é ver um papagaio qualquer vir para aqui falar de Stalin como se fosse um heroi.

    Tal como os paneleiros, que chamam homofobicos a quem não os entende, tambem o pessoal de estrema-esquerda chama fachos ao resto das pessoas.

    Este senhor é concerteza um artista qualquer que vive do dinheiro dos contribuintes. Um pária concerteza.

    • Ricardo Santos Pinto diz:

      O senhor António Cunha não tem de admitir ou deixar de admitir nada, por que não está em sua casa. E quem não está bem, muda-se.

  7. Carlos Vidal diz:

    Claro Ricardo, toda a razão.
    António Cunha faz ter saudades do velho Chica da Tasca.
    Mas fica já avisado: para a próxima ou se porta bem, ou vai para a rua deste estabelecimento de bem pensar.

  8. Antonio Cunha diz:

    Tou cheio de medo. Aliàs voce é que já devia ter sido banido, depois do episodio no Arrastão

  9. Carlos Vidal diz:

    Episódio no Arrastão ??

    Homem, explique-se agora, para eu depois poder apagar os seus comentários daqui para a frente.
    (É que já me vi livre de uns quantos chatos.)

  10. Antonio Cunha diz:

    O do pinochet meu esquecidinho …..

  11. Carlos Vidal diz:

    Que assunto tão desinteressante, e eu que quase nunca passo pelo Arrastão. É uma marca de cerveja ??
    Seja como for, A. Cunha, defensor-mor do Arrastão, a partir de agora fechou o estábulo.

  12. António Cunha
    25 de Novembro. Já me convenceram antes com essa história. Fiquei convencida. Y atravessei LX nesse dia. Só circulava ( que eu me lembre! y a minha mãe tb!) o táxi em que seguia y as brigadas militares ( ou o q lhe chamam). Por duas vezes o táxi desviou caminho ( a minha mãe inventa + umas quantas, mas eu só me lembro dessas gentes em manobras:2 vezes) … foi uma bela aventura para mim esse dia.
    O Cacilheiro transportava 2 pessoas 1 delas foi a minha Mãe q me foi buscar ao Hospital, a outra Srª era uma Mãe q ia lavada em lágrimas para a porta do Quartel onde estava o filho a cumprir o serviço militar. O Sr. do Barco bem as advertiu que era a última viagem y que n havia informação sobre qd voltariam a haver travessias. Elas estariam entregues à sua sorte. Y as Mães lá fizeram a viagem outras pessoas saíram do barco.
    Pronto: ficas aqui com a história das Únicas 3 únicas Pessoas Corajosas – verdadeiramente – do 25 de novembro. As mãe y o taxista. Eu tinha 5 anos … Sempre imaginei a cidade LX como um sítio sem pessoas: despovoado, desértico, vazio Y depois aqueles dois Blocos de gente-verde com Tanques de Guerra ( q a minha mãe multiplica!!)… ehehe Na escola foi cá uma confusão perceber a diferença entre o campo y a cidade que não imaginas. Tinha que pensar que cidade era a vila da minha terra ou as cidades de Espanha ( um à parte, pq é outra história; Toledo é a minha cidade de sempre y de estimação!!!). Quando a Professora falava em LX só tinha essa recordação prevalecente esse dia acinzentado … Não percebia!!! Imaginava as pessoas invisíveis, a esconderem-se … sei lá, as voltas que dava à imaginação para perceber essa diferença entre cidade y campo. Y Lx ser o paradigma dado pela professora ( coitadinha, ela nunca devia ter ido a Lx pensava eu. Achava que ela estava a enganar a gente. A dizer uma enorme mentira). Enfim ficou-me a memória da cidade no dia errado. Por isso, reforço essa coisa de me convencerem com o 25 de Novembro!!! …

    PS.: F-se! Está aqui instaurada uma garreia de gajos. N tinha reparado… Y entraste mal ò AC. Melhoraste com o meu comment, R y o CV compraram a garreia y tu voltaste à carga mais moderado mas ruimnito tb …
    PS.: Esse “de” é com letra maiúscula: De

  13. Y AC o CV se recebe $$$ dos contribuites pelo que topo dos Post’s são €€€ muito bem empregues.
    O Plano Poupança Reforma do Paulo Poderoso é que me Fascina o Silêncio Cívico em Torno. Isso é que vale a pena ir para a rua pedir contas com o estado om a justiça.

Os comentários estão fechados.