Por uma blogosfera pimba

O Diabo, um gato gordo e um seu criado passeiam na União Soviética, nas página da Margarida e o Mestre de Mikhail Bulgakov, a certa altura vêem um grande ajuntamento à porta da Associação dos Escritores, um deles, curioso, observa: “esta gente toda, são novos Tolstóis, Dostoievskis, Turguenievs ?”. Um outro, mais avisado, reponde-lhe: “não. É gente para almoçar, a Associação de Escritores é famosa pelo seu restaurante”. Este diálogo, que cito de memória, não vá o Diabo tecê-las e estar todo truncado, revela bem o estado actual da blogosfera lusa: discute-se muito? Não. Fazem-se excelentes jantares e festas.
Repare-se, nada tenho contras as redes sociais (faço parte de várias) e acho simpático o convívio, copos, flirts e engates. Mas já agora, convinha alguém se lembrar que nos blogues escreve-se, e que acessoriamente, depois do papel de parede e da vida social, podem-se confrontar ideias. Algumas criaturas até admitem que possam-se debater ideias, queixam-se é que se verifica, em determinados blogues (o 5 dias é certamente um deles), uma “pimbalhização” do debate: a agressividade verbal teria substituído o conteúdo. Entendamo-nos, os posts dos blogues não se regem pelo código universitário, nem têm de concorrer ao chá das cinco. Nós não temos de concordar, nem ser muito amiguinhos, com aqueles que acham normal a situação de injustiça, desigualdade e de corrupção que se vive em Portugal. Acho muito mais interessantes blogues com que eu não concordo, mas que sustentam radicalmente, e sem paninhos quentes, as suas ideias, do que essa blogosfera mole e tépida que quer agradar tudo e a todos. Por muito que custe a determinados cultores da vida social, a radicalidade da forma é também uma expressão de um conteúdo. Com textos compridos e curtos, com imagens e com frases, nós não pretendemos agradar. Queremos mesmo chatear: façam o favor de ir à merda.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

21 Responses to Por uma blogosfera pimba

  1. Pingback: cinco dias » Quem se mete com o «5 Dias» leva!

Os comentários estão fechados.