Obrigado por pensar

Folheando o P2 de hoje, deparo-me com o seguinte título:

Um think thank para melhorar as instituições públicas

Uma gralha, sorri. Passei os olhos pelo artigo:

“A família que criou o Grupo Jerónimo Martins quer partilhar o muito que tem recebido da sociedade e decidiu criar um think thank.”

“a família optou por uma espécie de think thank. Mas não exactamente um think thank, como os muitos que existem na Europa e nos Estados Unidos. “Por regra, os think thanks prosseguem uma agenda política ou ideológica específica”, explica António Barreto, que presidirá à administração da Fundação Francisco Manuel dos Santos”

Confundido, pensei: Este jornalista não sabe escrever think tank!

Depois reparei melhor no nome do autor do artigo.

“Por José Manuel Fernandes”

Nãa, o mundo é que deve estar enganado.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 Responses to Obrigado por pensar

Os comentários estão fechados.