Vou a salto!

Não contava que fosse tão cedo.
Tendo em conta os últimos dados, penso que terei de ir a salto. À minha filhinha, mil perdões. Tatuarei o seu nome no braço.
No mesmo dia em que comecei a dizer mal do Governo no «5 Dias», recebi uma chamada de número desconhecido no telemóvel. Não atendi por questões de segurança.
Quando escrevi acerca dos «Momentos de lucidez» de Mário Soares, o meu velho telemóvel com 7 anos de idade desligou-se sem mais nem menos ao fim de dez minutos de conversação. Deve ser da bateria, disseram-me na operadora. Ah!, como se fosse possível…
Mais grave ainda, ontem anunciei que hoje ia escrever sobre o Freeport de Alcochete e, às 18 horas, fiquei inexplicavelmente sem internet.
Algo de grave se passa. Mas como diria o Vítor Bandarra, eu não me calo. No «5 Dias», as verdades são para se dizer. Será que vou ter mesmo de ir a salto?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

17 Responses to Vou a salto!

Os comentários estão fechados.