Kenneth Anger

“Who makes the nazis?” Mark E. Smith,The Fall

 Shunt Vaults Lounge, Londres

30 de Outubro de 2008

  Desloquei-me de propósito a este espaço multicultural, para ver os filmes mais recentes de Kenneth Anger. Em princípio, ele iria falar sobre a sua obra cinematográfica, e em especial sobre os filmes Ich Will, Fore Play, Elliot’s Suicide e I’ll be watching you.

 Depois de aguentar estoicamente 20 minutos dos 45 de Ich Will, que não passa de um documentário propagandista nazi, “pescado” em alguma prateleira bolorenta, saí da sala de exibição enojada.

 Anger teve a lata de assinar o dito documentário, como se o tivesse feito e esperava que todo o público se deleitasse (como ele, provavelmente!) com as paradas da juventude hitleriana, uma catrefada de rapazolas de canelas desnudas e em uniforme, os pequenos assassinos do III Reich…

 Entretanto já tinham passado a estopada dos jogadores de futebol, Fore Play, o lúgubre Elliot’s Suicide (e o único filme com algum interesse) e, estava para ser exibido o I’ll be watching you, com mais rapazolas em uniforme. Filmes sem alma, sem génio e perigosamente fascistóides! .

 O sr. Anger, que deambulava no Shunt Vaults, era uma concha vazia e impotente a viver à sombra dos seus filmes do passado – mágicos e belos.

Kenneth Anger R.I.P.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 Responses to Kenneth Anger

  1. Pingback: Kenneth Anger : filmes

Os comentários estão fechados.