Mais vale a escravatura do que o desemprego

Em tempos de crise deve-se suspender os direitos sociais, é a tese escrita por Pacheco Pereira e prontamente destacada por João Miranda.
Viva o trabalho precário e acabe-se com os contratos! – diz Vitalino.
As associações empresariais rejubilam e acrescentam, emprego sem salário, já! – com a crise, o trabalho deve ser para dar curriculum!

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

9 Responses to Mais vale a escravatura do que o desemprego

  1. Pingback: Tráfico de Influências | 04/01/2009 | : fractura.net!

Os comentários estão fechados.