No melhor pano cai a credibilidade

A BBC acaba de transmitir uma reportagem realizada em Dora, um bairro nos arredores de Bagdad, particularmente violento e que assistiu, em Maio do ano passado, à perseguição de católicos. Mas não era disso que a reportagem pretendeu retratar. O jornalista contou que o bairro vive no melhor do mundos: soldados norte-americanos jogam bilhar e ao dominó com os jovens iraquianos, “extasiados” por tão alegre companhia.

Com um ar compungido, o jornalista lá recordou que o bairro foi palco de violentos confrontos entre os “marines” e os “rebeldes” que acabaram por ser expulsos em Setembro, deste ano. Agora, conta o jornalista, há uma harmonia perfeita.

Para o caixote do esquecimento da BBC, foram parar as mortes; as entradas ao pontapé de soldados pelas casas agora dos “amigos” iraquianos;  as entrevistas à população que poderia comentar quanto animada anda por ter invasores; e as imagens de um bairro cortado aos pedaços quando, há uns anos, era composto por duas igrejas, vivendas habitadas por técnicos superiores (a maioria trabalhava na administração governamental, apesar de ser católica) e por algumas lojas. Hoje, são só escombros. Que o pano da BBC simplesmente apagou substituindo por uma qualquer “música do coração”. E assim se reescreve a História. Um dia destes certamente a reportagem poderá ser revista numa televisão portuguesa. Sem comentários e sem contraditório, a seco.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 Responses to No melhor pano cai a credibilidade

  1. Pingback: No melhor pano cai a credibilidade | Splog

Os comentários estão fechados.