A arte deve ser “comós” supositórios

in529agrant-wood2

Uma obra sem boas intenções, sem espelhar a bondade humana não serve para nada. Os artistas passam e as vacas ficam. O povo na sua infinita sabedoria saberá distinguir as criações úteis. Acho que a arte deve pelo menos fazer bem à pele.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 Responses to A arte deve ser “comós” supositórios

Os comentários estão fechados.