João Miranda não lê João Miranda?

O mais famoso economista autodidacta de Portugal vem dar uma magna lição ao Jorge Palinhos, pois sabe bem que «isto da alta finança é uma coisa complicada». A propósito do caso Madoff, ficamos agora a saber que a Segurança Social também é um Ponzi scheme, ou um esquema de pirâmide, ou uma espécie de Dona Branca. É tudo o mesmo. A acusação resume-se assim: «Madoff usava os depósitos dos novos clientes para pagar juros aos antigos. O Estado português usa as contribuições dos novos contribuintes para pagar reformas aos mais antigos. É tudo.»
Estranhamente, ainda há um escasso mês, não era “tudo”. O mesmíssimo João Miranda levantava a lebre, que até era «capaz de ser relevante»: a Segurança Social andava a… investir o seu dinheiro (no BPN), procurando rendimentos elevados!
Em que ficamos, então? As nossas pensões andam metidas em jogadas financeiras de alto risco ou apenas provirão dos descontos dos nossos filhos? Eu sei que a coerência não e uma matéria-prima abundante na Mirandéria; nem cogitações mais complicadas como a reformabilidade do sistema de pensões ou a sua transparência (consta que as vítimas de Madoff estavam um pouco mais às escuras) e legalidade. Mas ler o que se escreveu sobre um assunto antes de lá voltar um mês depois parecer-me-ia coisa da mais salutar prudência…

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

19 Responses to João Miranda não lê João Miranda?

  1. Pingback: Madoff e a Segurança Social « O Insurgente

Os comentários estão fechados.