1=120.000?

Para Rui Ramos, que uma aluna maltrate a sua professora por causa de um telemóvel é fenómeno equiparável à resistência de grande parte de uma classe profissional a medidas governamentais que afectam o seu dia-a-dia. No reino da demagogia e da aldrabice, é assim: «os alunos têm a força que falta aos professores, e os professores a força que falta ao ministério». O que faz mesmo falta a toda esta malta é palmadas. E respeitinho.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 Responses to 1=120.000?

  1. M. Abrantes diz:

    Este Rui Ramos que se ponha a pau. Há quem chegue a ministro da república por muito menos.

  2. Patricia Costa diz:

    Discordo da comparação,contudo deixe-me que lhe diga que a escola é o local de trabalho dos professores,mas não é dos professores.

  3. Helena Loureiro diz:

    Este senhor, com um vasto e respeitável currículo que eu tive o cuidado de ler, é mais um demagogo e com uma curiosidade interessante: então não é que foi Formador de Professores…e esteve ligado ao ensino dos pequeninos…?!
    Tirem daqui as vossas elações.

  4. Nuno diz:

    A mim parece-me q qdo professores (e pais naturalmente) não censuram publicamente alunos que mimoseiam a ministra com ovos estão a semear ventos, pois amanhã as vitimas dos ovos serão outros, leia-se os professores!

Os comentários estão fechados.