De banco em banco

“Dois bancos italianos vão suspender pagamento de empréstimos aos clientes em dificuldades”
Em Itália parece que os bancos tentam aguentar o barco.
Por cá continua o festim. Socializa-se os prejuízos do BPN e dá-se uma ajudazinha ao BPP. Entretanto o Orçamento de Estado parece-se cada vez mais com umas contas rabiscadas num guardanapo de uma tasca, sem a mínima consequência.
Em breve, o pior Ministro das Finanças da União Europeia, dirá pela terceira vezes e sem pudor de estar a mentir, que não há outros bancos em dificuldade. Siga à festa de banco em banco!

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 Responses to De banco em banco

Os comentários estão fechados.