Resumo da matéria dada

Dias Loureiro, nos primeiros dias, disse que não sabia de ilegalidades no BPN. Mais tarde disse que tinha ouvido uns zum zuns e que pediu ao Banco de Portugal para estar atento. Entretanto ficou mais 4 anos na administração do banco. Hoje foi dizer a Cavaco que não tinha sabido de nada.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

31 Responses to Resumo da matéria dada

Os comentários estão fechados.