Carlos Blanco de Morais

Carlos Blanco de Morais é professor de Direito Constitucional da Faculdade de Direito de Lisboa e da Universidade Lusíada, consultor para os Assuntos Constitucionais da Presidência da República, membro do Conselho Superior de Magistratura e medalha de bronze deste ranking.
Caracterizado pelo DN como “conservador musculado”, o professor e advogado Blanco de Morais é muito “popular” na blogosfera por ter feito parte do Conselho de Administração da Fundação D. Pedro IV entre 1995 e 2007.
Recorde-se que, de 1996 a 2000, uma Inspecção das Segurança Social elaborou um famoso relatório sobre a Fundação D. Pedro IV (Processo nº 75/96 – digno de leitura até por conter outros nomes do ranking) uma Instituição Particular de Solidariedade Social financiada pelo Estado, no qual se diagnosticavam irregularidades na Fundação, comparada com uma “holding de imobiliárias”, e onde se propunha a sua extinção judicial.
Este relatório não chegou a ver a luz do dia pois, em circunstâncias que nunca foram tornadas públicas, foi arquivado sem despacho quando o Juiz Conselheiro Simões de Almeida era Secretário de Estado do Ministério da Segurança Social e Trabalho de Paulo Pedroso – ver notícia do Público de 31.12.2006.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to Carlos Blanco de Morais

Os comentários estão fechados.