Castilho dos Santos


Há cerca de 4 meses, depois de ter sido chefe de gabinete do Ministro das Finanças, Castilho dos Santos foi empossado Secretário de Estado da Administração Pública. A maioria dos leitores não o reconhecerá, nem lhe terá ouvido qualquer declaração, e neste aspecto o Google não ajuda a conhecer a história política desta personagem.
Contudo este Secretário de Estado atingiu as luzes da ribalta com a seguinte declaração: “Trabalhadores, serviços e dirigentes que não estejam com a reforma [da Administração Pública] serão trucidados
A declaração, para além de demonstrar uma linguagem de caserna, reflecte um enorme desprezo pelos trabalhadores da função pública que não se submetem aos ditames do governo e traduz-se numa inqualificável ameaça velada. Desde então não se conhecem outras intervenções, nem se terá pedido a inevitável (num estado de direito democrático) demissão.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to Castilho dos Santos

Os comentários estão fechados.