O último disco da noite

Por acaso, não tenho aqui nenhuma canção do caixeiro-viajante do Magalhães. Mas tenho uma pequena pérola Disco: Under Heavy Manners, de Robert Fripp, incluindo uma espécie de cantoria de Absalm el Habib – que só mesmo um surdo não perceberia ser David Byrne. Trata-se do que Fripp chamou Discotronics: um fragmento das suas improvisações para guitarra e dois gravadores de fita, com um ritmo dançante sobreposto a posteriori. O resultado… bem; não se parece com nada.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.