Boas notícias para a dr.ª Patrícia Lança: afinal, não há fisting no Reino dos Céus

Criatura obediente, tratei de seguir a recomendação da veneranda dr.ª Patrícia Lança quanto a uma prática denominada fisting. Lá fui à Wikipedia, ainda convencido de que se tratava de uma técnica da nobre arte do Boxe. Cuidado, meus amigos: aquilo é uma grande porcaria. E parece ser coisa desconfortável como o caraças. Mas escandaloso mesmo é o desenho ali incluso; parece sugerir que o fresco do Juízo Final, de Miguel Ângelo, contém uma representação dessa abominável prática, sob a pífia desculpa de se tratar do castigo da sodomia.
Mas não. Afinal, a gravura da dúbia enciclopédia online é obra de artista mais recente e mais depravado. Como se comprova pela imagem acima, o diabrete com aquele slip tão esquisito não enfia a mão onde não deve. Limita-se, ao que parece, a dar um valente apertão aos túbaros do pecador. O que parece um castigo algo leve para um sodomita, mas enfim: na altura ainda não havia a SIDA, a punição justa para maricas, agarrados e putas.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

12 Responses to Boas notícias para a dr.ª Patrícia Lança: afinal, não há fisting no Reino dos Céus

Os comentários estão fechados.