Mais uma reforma bestial

Ganhamos mal. Agora vamos poder trabalhar até 65 horas por semana. Coitados dos nossos governantes europeus que vão ter que se esforçar ainda um bocado para atingir o paraíso: o modelo social chinês.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

19 Responses to Mais uma reforma bestial

Os comentários estão fechados.