Breve Curso de Linguística Gerativa

Gostaria de principiar a minha colaboração no 5 dias chamando a atenção para algumas entusiasmantes correntes da linguística. Começo pela linguística gerativa, pelas ricas possibilidades que nos proporciona. Uma dessas possibilidades é a capacidade de testar a correcção sintáctica de uma frase ou texto, através da substituição de alguns elementos dessa frase ou texto por outros da mesma categoria gramatical.

Para vos revelar todas as potencialidades desta excitante técnica, vou aplicá-la a um texto real, de um cronista cujo nome agora não recordo:
AS MUDANÇAS DA “CULTURA” “ECONOMIA”

… significam quase sempre mais mudanças na clientela do que mudanças na política. Num sector tribalizado até ao limite, o que muda é a tribo próxima do Ministro, e quem perde é a tribo longínqua. Em função da distância aos subsídios, claro.

O novo ministro chega lá com ideias, gostos, opções diferentes do anterior: gosta mais de teatro de revista bancos, mais de ópera construção civil, mais de cinema agricultura, mais do grupo A ou do grupo B, mais do fado juro ou de Emanuel Nunes Belmiro de Azevedo, vai ao CCB BCP ou à CGD, à Gulbenkian Bolsa de Valores ou a Serralves ao Palácio da Bolsa, dá-se com os bolseiros da escrita gestores do BES ou com os actores da “Rivolução” grandes empreiteiros, está mais com os críticos do Actual do Expresso defensores da Ota, do ex-DNA do Diário de Notícias de Alcochete ou com os do Ipsilon do Público da Portela+1, e por aí adiante conforme as tribos. Como nunca há dinheiro que chegue para todos os gostos e tribos, há sempre uma insatisfação activa na “cultura” “economia”. É só uma questão de tempo até haver outro abaixo-assinado outra polémica na Internet num órgão de comunicação social.

Como se pode ver, este texto não perde qualquer sentido e validade, pelo que se pode considerar que está bem construído do ponto de vista sintáctico e é perfeitamente válido como manifestação de uma expressão escrita.

Em breve conto dar mais achegas sobre o fascinante mundo da linguística descritiva.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 Responses to Breve Curso de Linguística Gerativa

Os comentários estão fechados.