Coincidências

Andava à procura de um texto no meu primeiro blogue (o muro sem vergonha) e tropecei num texto de há dois anos e picos.

Fim de ciclo

Sou muito pouco supersticioso. Um dia estava no meio de Havana Velha, num antigo mercado convertido em habitação. No primeiro andar, numa pequena sala, vivia um sacerdote de um culto de origem africano, Yoruba. Não me recordo se era um palero ou um babalau. Na altura filmei uma consulta: um jovem entrou, tirou os ténis e sentou-se no chão; de imediato sentiu-se um cheiro nauseabundo. O babalau imperturbável atirou as pedras e os ossos, consultou os deuses e voltou-se para o jovem – que continuava a expelir um cheiro muito forte – e disse-lhe: “tu tens um problema nos pés!”, sábio comentário que reunia o consenso de todos os presentes na sala, mesmo dos ferverosos ateus.
Apesar do cepticismo, há coisas que parecem ordenadas por uma desordem superior. Por exemplo, as datas prestam-se às coincidências. Na minha vida o dia 31 de Março faz-me normalmente alterar a vida. Há dois anos abandonei o PCP nesse dia. Este ano vou largar o emprego na Impala. O que se pode dizer é que as minhas decisões parecem ditadas pelas datas, mas estão a decrescer de importância… Estou-me a tornar residualmente excedentário.
Março de 2005

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 Responses to Coincidências

  1. Pingback: blogue atlântico » Blog Archive » Nuno Ramos de Almeida e Bernardo Pires de Lima no Descubra as Diferenças

Os comentários estão fechados.