O país das maravilhas

ejet-weapon.jpg

Descubro na imprensa que o maior problema da pluralidade de opinião, em Portugal, é a Prisa ser accionista maioritária da Media Capital. No Sol, num artigo em que se consegue deixar tudo tão confuso que se deixa no ar que Marcelo Rebelo de Sousa saiu da TVI devido a….Pina Moura, afirma-se, a certa altura, que em Espanha, esse antro de comunicação social reles, não se consegue estar bem informado lendo apenas o El Pais…é preciso ler também o El Mundo. O que eu acho fantástico é os jornalistas portugueses consigam escrever isso, sem terem um ataque de riso. Acham mesmo que os jornais portugueses são melhores que o jornal da Prisa? Acho que todos os jornais são parciais, mas trocava todos os nossos jornais pelo El Pais e até pelo El Mundo.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 Responses to O país das maravilhas

Os comentários estão fechados.