No alvo

cheney_20hunting.jpg Cheney viajou para o Afeganistão e para o Paquistão para pedir aos presidentes dos dois países que aumentem os esforços para combater os taliban, que têm vindo a reforçar a sua capacidade. O país está mais sangrento, corrupto e desiludido do que nunca. E Cheney escapou a um atentado que matou 19 pessoas, na principal base militar americana no Afeganistão. Os taliban reivindicaram a autoria do atentado. Este ataque demonstra o acesso à informação que a Al Qaeda possui. A sua agilidade. Plenamente justificada a visita.

Sobre Joana Amaral Dias

QUARTA | Joana Amaral Dias
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 Responses to No alvo

Os comentários estão fechados.