Love is in the air….

love-is-in-the-air.jpg

Autor: Carlos Trincão

Antes havia sido o Primeiro-Ministro. Agora foi o PS a dizer que também gostava muito de trabalhar com o Senhor Presidente.

Aí valentes…

Isto o que dá mesmo vontade é de agarrar na ideia de “mar” que sempre acompanhou Portugal e especular um bocadito.

Já tinha havido aquela da “Jangada de Pedra”, demanda de novos mundos numa deriva atlântica virada para nós mesmos. E dessa eu tinha gostado.

Pois, mas agora á música é outra. Com estas declarações todas de ternura, de Jangada de Pedra passamos a Barco do Amor… à deriva na imensidão atlântica em que nos perdemos.

Mas afinal esta malta que nos governa pensa o quê dos seus governados?

Coabitações e cooperações institucionais à parte, isto já é lamecha de mais para o meu gosto.

Só falta mesmo é um chocho daqueles a contar para o Guiness. Mas é só mesmo o chocho que falta, porque recorde já deve estar registado: o do vira-casaquismo, perdão, vira-cavaquista, mais rápido do planeta.

Mas é tão bonito vê-los assim tão dados, não é?

Mas o que me preocupa mesmo é o barco. Então, se toda a gente se põe do mesmo lado… o coiso vira, afunda-se e a gente morre. Caramba! Então e o equilíbrio… institucional, pois claro.

Sobre Joana Amaral Dias

QUARTA | Joana Amaral Dias
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 Responses to Love is in the air….

Os comentários estão fechados.