Congressistas, Second Life e Identidades vazias

Vi no Rocketboom de 5 de Janeiro que o congressista George Miller (uma espécie de Vital Moreira virtual) recebe constituintes e dá entrevistas na Seconde Life. A reportagem pode convencer-nos que estamos no limiar de uma nova democracia virtual… Mas sejamos sinceros, a ginástica electrónica do congressista Miller não passa da continuação da política espectáculo por outros meios. Se os fornos eléctricos dessem popularidade: ele estaria dentro de um.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to Congressistas, Second Life e Identidades vazias

Os comentários estão fechados.