O menino nas palhas deitado

Já é pouco caridoso que um partido Democrata-Cristão como o CDS/PP aproveite o seu jantar de natal para achincalar o actual líder com uma cena piegas de saudades pelo ex-líder. Foi um jantar de natal que, para dizer o mínimo, não fez grande coisa pela paz entre os homens de boa vontade. Mas nada justifica a resposta que Ribeiro e Castro deu a esta ofensiva, dizendo que estava preocupado “com o aborto”. Nós compreendemos a irritação, mas não é aceitável lançar um insulto destes, nem sequer a Paulo Portas.

Sobre Rui Tavares

Segunda | Rui Tavares
Este artigo foi publicado em cinco dias, Rui Tavares. Bookmark o permalink.

2 Responses to O menino nas palhas deitado

Os comentários estão fechados.