Arquivo de etiquetas: política-portuguesa

Custe o que Custar

“Custe o que Custar” diz o nosso primeiro… Podem as crianças passar fome, os idosos deixarem de ir aos hospitais, podem os transportes ter aumentos exorbitantes, podemos perder a independência e a nossa auto-determinação/democracia, podem as regras laborais voltar ao … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , , \ 8 comentários

VÃO ROUBAR PÁ ESTRADA!!! (poix… já tão…)

Quem estivesse atento saberia que esta seria uma das consequências da entrada em vigor de portagens nas SCUT… Estado assumiu mais dez mil milhões de euros para introdução de portagens nas SCUT Não só se prejudicam as populações que têm … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , , , , \ 6 comentários

Europa? Para quê?

Hoje aterrou o FMI, UE & CªLda. A equipa é liderada por um Dino com provas dadas… Algumas perguntas básicas mínimas a fazer à “Europa”: Agora que não podemos desvalorizar a moeda, que de equivalente poderemos obter como contrapartida? As … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , , , \ 2 comentários

O Fim de uma Era

Hoje vivemos o fim de uma era, é verdade que nada se dá exactamente de um dia para o outro, mas ao longo da História sempre se escolheram momentos simbólicos que marcam grandes viragens. As medidas que nos tentarão impor … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , , , \ 2 comentários

The record shows

Yes, there were times, I’m sure you knew, When I bit off more than I could chew. But through it all, when there was doubt, I ate it up, and spit it out. I faced it all, and I stood … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , , , \ Comentários fechados em The record shows

A esquerda moderna

Depois de ouvir a verve sedutora, cheia de pulsão revolucionária, de Jaime Gama, José Lello e Jorge Coelho, no congresso do PS, consegui antever as maravilhas da esquerda moderna. Ficou-me apenas uma dúvida: por que razão a palavra mais repetida, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , , , \ 4 comentários

O fim do mês como problema político

Entre o “fim do mês” individual e o “fim do ano” colectivo temos andado nos últimos anos (e há quem diga desde sempre) como mexilhões entre o mar e as rochas. O mundo tem medo do fim do mundo. Portugal … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias, Rui Tavares \ Tag , , , , \ 1 comentário