Aquivos por Autor: Antonio Mira

Agradecendo o lirismo de de Deus. Fica para depois o conteúdo, por enquanto vai a forma.

_Publicado em cinco dias \ Tag \ 4 comentários

Deus está morto, Nietzsche está morto e eu mesmo ando algo escaralhado ultimamente…

Uma das expressões que mais me surpreendem do que falam por aqui é “Já cá não está quem falou”. Encontro-a deliciosa, com um sentido muito honesto, quase fofinho. (Outra das expressões que mais me assombram é o “Caralhos me fodam!”, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , , \ 6 comentários

É jorna! É lismo! É porno e canalhismo!

Já contou por esta tasca o Nuno a canalhice que um pornomentar europeu fez ao Miguel Portas. A coisa poderia ficar por aí se não fosse que existe, ai!, a caverna mediática espanhola, que agora apanha a Miguel Portas para … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 13 comentários

Estampas da pornocracia (I)

A pornocracia é o sistema de governo mais repetido nos nossos dias. Cá têm, por entregas, diferentes retratos pornocráticos da vizinhança:

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

Uma palavra, uma foto e uma capa.

O dicionário Priberam escolheu como palavra do dia a seguinte: pornocracia (porno- + -cracia) s. f. Influência das cortesãs no governo da nação.

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

Si tu l´estires fort per aquí…

Suponho que o FMI será uma das músicas mais citadas nestes dias. Inteira ou por partes. Considero a gravação que aparece no disco “Ser Solidário” uma das melhores peças cénicas que conheço e um autêntico milagre artístico, pois consegue transmitir … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 9 comentários

De gorilas, cartadas e esperanças.

Na verdade não é preciso pensar especificamente em Woody Allen para que apareça alguma cita dele arrombando a porta da memória, pois as coisas brilhantes sempre ficam algures no inconsciente da tola. Desgraça, não dura muito a alegria na casa … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 2 comentários

Voltando

Depois de um longo jejum por motivos de trabalho, lançamos a preguiça fora e limpamos o pó do teclado. A tasca, pelo que vejo, segue inteira e até com novas comensais. Então: Passou-se algo na minha ausência? Ler-nos-emos por cá. … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 9 comentários

Entretanto, no país vizinho…

Uma muito boa notícia. Pelos vistos não para todos… (artigo de José María Izquierdo sobre as reacções que chegam do fundo da caverna).

_Publicado em cinco dias \ 3 comentários

Por se alguém conhece um amigo que saiba de um colega que trate a um jornalista desportivo…

(ou: mais outra posta para tratar da educação sentimental da malta) Lá no Antigo testamento Joseph era o filho pequeno de Jacob. Lá no novo testamento, Joseph era o pai legal do Jesus (já sabem, para as coisas banais de … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 14 comentários

Voltando às palavras

Só desta volta reparei numa coisa que adoro e que, de tão evidente, me tinha passado desapercebida. Na transição do processo “Férias/Dura Realidade”, no autocarro que me levava do aeroporto até a casa encontrei-me olhando para os cartazes e rótulos … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag \ 3 comentários

Derrotado

Vencido. Completamente ultrapassado. Inoperante. Inútil… Assim estou por culpa do cincodias. A cara do Milhouse não é nada comparada com a minha…

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

Brincando com o paint

_Publicado em cinco dias \ Tag \ 1 comentário

Um sem palavras (minhas)

Quino.

_Publicado em cinco dias \ 4 comentários

Foi-se com o Bieito (III): o que não se pode dizer

A visita de Ratz, para além de um despropósito económico, esta-se convertendo num paraíso para aqueles que tinham saudades doutros tempos mais felizes (para eles). O arcebispado de Compostela (que deve achar que os da Spectra, dos filmes de Bond, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , , \ 4 comentários

Trapalhadas

Em galego do sul, a palavra trapalhada quer dizer “Atitude ou manobra propositadamente enganosa.” Em português do norte acrescentamos a ideia de “coisa mal feita e sem valor”. Neste sentido, podemos encontrar como exemplo o 89% das minhas postas, a … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag , \ 6 comentários