Aquivos por Autor: António Figueira

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira

O euro é uma bicicleta

Crónica na edição de hoje do i.

_Publicado em cinco dias \ 1 comentário

Ciao Falcao, welcome Rodriguez! (II)

_Publicado em cinco dias \ 2 comentários

Ciao Falcao, welcome Rodriguez!

_Publicado em cinco dias \ 11 comentários

O inútil e o desagradável

Se isto é verdade, os agentes da PSP da esquadra da Mercês, não só se solidarizam com dois torcionários, como fazem um uso claramente ilegítimo e ilegal da baixa médica; em qualquer caso, situam-se fora da legalidade democrática que são … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 2 comentários

A nova biblioteca de Babel – V

“A inutilidade das palavras” (Guy van Craeybeckxt, 1925) – Jovem aristocrata, oriundo de uma das mais antigas famílias dos Países-Baixos e herdeiro de uma sólida fortuna, acumulada no tráfico colonial, Guy van Craeybeckxt (pron.: Crai-bex) é uma figura singular na … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 3 comentários

A nova biblioteca de Babel – IV

“O personagem facultativo” (Germano Schwarz, 1912) – Obra pioneira do modernismo sul-americano, introduz na literatura em língua portuguesa a temática da psicanálise, que era cara a Germano Schwarz. Rico negociante de café, de ascendência alemã e intimamente relacionado com os … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

Fui ao dentista

Hoje fui ao dentista, desvitalizar um dente. Na sala de espera, aprendi imenso, graças à Points de Vue – Images du Monde: King Carl Gustaf of Sweden, the stern-looking, bespectacled monarch who is honorary chairman of the World Scout Foundation, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 1 comentário

A nova biblioteca de Babel – III

“A ilusão dos favoritos” (Gustave d’Ormesson, 1837) – Nos primeiros anos da Restauração, sob o pano de fundo da intriga política e do enriquecimento sem causa, a história de vida de um órfão que nasceu pobre, que a sorte em … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Comentários fechados em A nova biblioteca de Babel – III

A nova biblioteca de Babel – II

“As nuas florestas da realidade” (Thomas Koller, 1973) – Numa cidade da Europa Central, vivendo sob o céu de chumbo da “normalização” política, após eventos que sacudiram o regime totalitário e acordaram a sociedade civil, a história pungente de Petr, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 2 comentários

A nova biblioteca de Babel – I

“A atitude desleixada da morte” (John DaSilva, 1939) – Nos anos negros da grande depressão, as estradas que cruzavam a América despejavam no Oeste virgem as vítimas humanas de uma crise sem rosto. Sem emprego, sem dinheiro, quase sem esperança, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

“The signature of his rule was, if anything, demobilisation.”

Lula, a esquerda anti-populista, sob o escalpelo, aqui. Lembrei-me disto por causa deste quiz: na Europa, ninguém conhece o Brasil como Portugal (perguntem a uma Helena Borges de Lund, Nápoles ou Aberdeeen se conhece “Os Sertões”, let alone se consegue … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 32 comentários

Questionário

Recebi este questionário de um filho de Ourique, um blogger que mora no campo. É só por isso. 1 – Existe um livro que lerias e relerias várias vezes? Existem vários livros que li e reli muitas vezes, e não … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 4 comentários

Confusão no mundo verde

Entendam-se, pá!

_Publicado em cinco dias \ 8 comentários

Uma entrevista

A entrevista que o Nuno fez ao Miguel Portas para o i deve ser lida. Tem perguntas que apetece fazer (Voltavas a convidar o Rui Tavares para a tua lista?), respostas que apetece dar (Não desculpo a Ana Gomes) e … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 17 comentários

Instruções para a próxima época

_Publicado em cinco dias \ 4 comentários

“I have only tried to illuminate [the events] for a western audience”

Here, what it’s like to be a lesbian in Damascus.

_Publicado em cinco dias \ 11 comentários