Author Archives: António Figueira

About António Figueira

SEXTA | António Figueira

Não quero que te falte nada, Renato

Basta clicares aqui, e não precisas de agradecer.

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

Tipos portugueses I: Os grandes afectivos

Por grandes afectivos deve entender-se aquelas pessoas, todas elas afecto e emoção, que constituem (pelo menos elas acham isso) a consciência moral da nossa geração. Têm a lágrima fácil, sempre pronta a rolar do olho abaixo; julgam tudo e todos … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 6 comentários

III – Notas sobre a actual situação linguística na Cornualha, Reino Unido

Mas na esplêndida Cornualha das minhas férias estivais também se acoitam operários transformadores da língua falada, e de um tipo ainda mais radical. A Cornualha perdeu a sua língua “própria”, ou seja, a língua céltica que ali se falava, desde … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 13 comentários

II – Notas sobre o comportamento linguístico da burguesia finlandesa no século XVIII

Há alguns anos, assisti na faculdade a uma conferência sobre o comportamento linguístico da burguesia finlandesa no século XVIII. Não sei se o que retive daquilo que ouvi (e que só marginalmente me interessava) é muito rigoroso, mas aqui o … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 7 comentários

I – Notas sobre a reforma linguística na Turquia (1927-28)

Julga-se que tudo o que Atatürk fez à língua turca foi impor uma mudança de alfabeto, do árabe para o latino, mas ele fez bem mais do que isso: não se limitou a interferir na forma como o idioma era … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 9 comentários

Mais música para o tempo que passa (boletim meteorológico dixit)

_Publicado em cinco dias \ 2 comentários

O homem do punho de ferro

O homem do punho de ferro sou eu: o Câmara Corporativa, dirigido pelo blogger mais esfíngico do país – o busybody Miguel Abrantes, desempregado mas sempre activo – acusa-me de, em simultâneo “dirigir com mão de ferro o radical 5dias” … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 8 comentários

Motorola na tola

Two simple phrases from the language of flowers: the gladiolus, which when placed at the centre of a bouquet indicates by the number of its blooms the hour for which the rendezvous is set; and the petunia, which announces that … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 1 comentário

Fiat Misericordia, parte II (a banda sonora)

_Publicado em cinco dias \ Comentários Desligados

Fiat Misericordia

Um carro para os tempos que correm.

_Publicado em cinco dias \ 12 comentários

Ficção/Não-ficção

“A minha vida dava um filme”, chamado “a minha vida dava um filme” (ficção/não-ficção). Eis o meu dilema moral: aproveito o saque do Fortnum and Mason para roubar uma latinha de smoky earl grey (pequena ou grande?) ou limito-me a … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 38 comentários

Filósofo, escritor e rabo-de-saias

Esta peça é notável, define a vários títulos uma época: não só por recriar a saga genial dos chapéus-de-chuva búlgaros, agora de tal maneira fruste e coitadinha que nem o Olivier Todd (pai do Emmanuel do mesmo nome, genro do … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 2 comentários

Mais uma música para os tempos que correm (para ouvir só, no escuro, e sem ligar ao horrível slideshow)

When I remember what to say / You will know me again / And you forget to answer (Nico + John Cale, Eno e Phil Manzanera, 1974)

_Publicado em cinco dias \ 4 comentários

Música para os tempos que correm – II

_Publicado em cinco dias \ 1 comentário

Comprar tempo

Crónica publicada na edição de hoje do i (e escrita antes que o último corte do rating da Grécia viesse confortar a opinião nela expressa).

_Publicado em cinco dias \ Comentários Desligados

O Mau-mau de Faro

País do caraças. Parece que agora, em Faro, anda um velho de 83 anos armado de kalashnikov, à frente de um bando que achou graça ao nome de Mau-maus, a aterrorizar a população… Diz a PJ, que criou uma brigada … Continue reading

_Publicado em cinco dias \ 22 comentários