Jornalista descobre planos do FBI para assassinar líderes do Occupy Wall Street. E agora Nobel da Paz Barack Obama?

obama_fbiJason Leopold, um jornalista do Truth-Out, descobriu que o FBI “planejava organizar ataques com atiradores furtivos contra manifestantes”. Segundo os documentos revelados, “a inteligência indicou que os manifestantes de Nova York e Seattle tinham planeado protestos semelhantes em Houston, Dallas, San Antonio e Austin, Texas” o que levou o FBI a “reunir informações contra os líderes dos grupos de protesto, obter fotografias e, em seguida, formular um plano para assassinar as lideranças através de snipers.”

Esta notícia, que está a ser divulgada pelos principais meios de comunicação com independência face ao império, parece não ter importância aos olhos dos editores comprometidos com o consenso e não saiu das caixas de correio electrónico dos bantustões do pensamento único. Se fosse um plano para retirar pedras da calçada, e fazer com que estas caíssem sobre polícias armados e preparados para a guerra social, encontrado num qualquer alçapão anarquista, quantas pessoas já teriam sido chamadas pelo bureau? Se esta notícia nos chegasse de Caracas, de Gaza ou de Teerão, quantos títulos os respectivos governos já teriam tido direito por querer eliminar as diferentes “oposições democráticas”?

Perdida a batalha pela razão, sobra-lhes a pólvora e a cobardia. Obama, como é evidente, tem responsabilidades e há cabeças que terão que rolar. Ou Washington retira de cena quem orquestrou este plano ou, a preferir o silêncio, relega a quem, mais ou menos como eles, esteja disposto a fazê-lo pela calada. “One man’s terrorist is another man’s freedom fighter” é um postulado que nunca como hoje fez tanto sentido, sendo que Obama, como o FBI, estão do lado do terror.

 

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

20 respostas a Jornalista descobre planos do FBI para assassinar líderes do Occupy Wall Street. E agora Nobel da Paz Barack Obama?

  1. De diz:

    Um post excelente.Parabéns.

  2. qweqwe diz:

    Não me parece credível.

  3. Seja Democrata ou Republicano, o Presidente dos Estados Unidos é simplesmente o Líder do Império Americano nascido em 1913.

  4. manuela diz:

    Qualquer crime não tem resposta e só pode ter a nossa condenação. Quem pensam que são os senhores do poder dos Estados Unidos? São apenas homens, mas homens treinados para matar o que os impeça de prosseguirem a sua sanha de rapina continuada.
    Como é que gente informada e humanista pode ter alguma consideração e apreço pela “cultura”, the american way of life???

  5. AS diz:

    Bem, Renato Teixeira ignorou todas as dúvidas e nuanças de linguagem e chegou a conclusões não fundamentadas – às quais o próprio Leopold Jason não chegou: não há nada nos documentos em causa que diz claramente que foi/é o próprio FBI a planear assassinar dirigentes do Occupy! Como diz o próprio Leopold Jason, parece um registo de informações obtidas (“intelligence”) em relação a planos de não se sabe quem de assassinar gente de Occupy. ( http://leaksource.wordpress.com/tag/jason-leopold/ ) Ora, não vou defender o “império” [sic], mas é preciso um certo cuidado nas acusações ou a credibilidade perde-se, e a próxima vez, quando há melhores provas, ninguém vai prestar atenção.
    Mas obrigado.

  6. dmd diz:

    nessas notícias em lugar algum diz que foi o fbi a planear os atentados e, sinceramente, só com alguma ingenuidade alguém iria crer que eles seriam estúpidos a esse ponto (já não para não falar em deixar sair informação, através do freedom of information act, que revelasse essa intenção). por isso, mesmo que essas notícias dissessem que os planos para matar eram do fbi, continuaria a ser difícil de acreditar…

  7. Carlos diz:

    Este texto é do Artur Baptista da Silva ou o curso de jornalismo do Renato Teixeira é da Milton Wisconsin University?

  8. CUIDADO COM AS TRADUÇÕES!!! diz:

    A noticia real é:
    “Released FBI documents reveal plans to assassinate OWS activists”

    Aquela que voces pintam seria esta:
    Released documents reveal FBI plans to assassinate OWS activists

    Tenham cuidado com as traduções, leiam tudo muito bem e percebam o que lêem ou arriscam-se a que tudo o resto que escrevem seja posto no mesmo saco do lixo por perca de credibilidade.

  9. Jorge diz:

    Perseguiçãofobia

  10. Oliveira Andrade diz:

    É mais um caso do ouvir o que quer, e não o que foi dito.

    Se continuam com estas teorias de conspiração então terão a mesma credibilidade que um blog sobre homens das neves e duendes.

  11. Carlos Carapeto diz:

    Tomando como exemplo a acusação fabricada contra Mumia Abu-Jamal, não podemos duvidar de nada que se diga sobre aquele país.

Os comentários estão fechados.