Dois minutos chegam para desmontar a propaganda israelita

Via EuroPalestine

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 respostas a Dois minutos chegam para desmontar a propaganda israelita

  1. Marise Santos diz:

    e quantos tu necessitas para fazer o mesmo com a situação na Siria?????

  2. Nuno diz:

    simplesmente brutal

  3. Miguel diz:

    A voz da Razão calou a propaganda israelita; calou o bêbado do Charles Kennedy, saído do partido liberal, devido a um problema relacionado com alcóol; calou até o ex-secretário geral do partido conservador, Iain Duncan Smith, comprado pelo dinheiro dos lobbies de Israel em Inglaterra.
    Israel está a perder a força e o argumento de Henry Kissinger pode ter validade, ao dizer que Israel desaparecerá do mapa do médio oriente, dentro de 10 anos.

  4. Ana Dias diz:

    O Renato parece-me um pouco tendencioso… aponta sempre o dedo não conhecendo a completa realidade naquela região. Renato, já agora, e a Síria? Porque é que não fala do que se passa lá?

    • Renato Teixeira diz:

      Pela razão pela qual acha que eu deveria estar calado sobre a Palestina.

    • Miguel diz:

      Não me diga que defende Israel?
      Viu as imagens das crianças mortas, depois dos bombardeamentos israelitas sobre Gaza? Acha que defender os palestinianos é tendencioso?

    • De diz:

      Completa realidade? E depois tenta atirar para o lado?

      “Quando os israelitas nos territórios ocupados, afirmam agora que eles têm que se defender, eles estão a defender-se no sentido de que qualquer ocupante militar tem de se defender contra a população que eles estão a esmagar … Você não se pode defender quando está a ocupar militarmente a terra de outros.
      Isso não é defesa. Chame-se-lhe o que quiser, defesa é que não”.
      Noam Chomsky

      http://4.bp.blogspot.com/-UmVcVNvK6Ho/UKfY9fTAqHI/AAAAAAAALq4/EeXJkHzQ0hU/s400/Palestina.jpg
      (desta vez “roubado” ao Antreus)

      Tenha vergonha mais a sua “completa realidade” a tentar desviar-se para a Siria

    • Carlos Carapeto diz:

      Ana Dias.

      Podia dizer-me qual é a sua opinião sobre a situaçãp na Síria?

Os comentários estão fechados.