I beg your pardon?

Polícias infiltrados autorizados a fazer sexo com suspeitos

Bem vistas as coisas não deixa de ser um estímulo à participação cidadã, à desobediência e, quiçá, à luta armada.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

1 Response to I beg your pardon?

  1. Afonso Costa diz:

    A fome é negra!

Os comentários estão fechados.