Ainda a greve geral e o futuro das lutas em Portugal

Vale a pena ler uma breve análise dos dados da baixa adesão dos trabalhadores do sector privado à última greve geral publicada ontem no site Passa Palavra. Ver aqui.

«No dia 14 de Novembro decorreu em Portugal uma greve geral convocada pela Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP). Segundo os organizadores, esta teria sido uma das maiores greves gerais de sempre. O tom triunfalista é absorvido por uma boa parte da esquerda. Mas o triunfalismo, se inconsequente, é um dos maiores perigos para o futuro das lutas sociais. Esse triunfalismo esquece outras variáveis políticas e sociais em jogo e que, estas sim, representam aspectos que qualquer avaliação crítica e honesta das lutas sociais tem de tomar em conta».

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , , . Bookmark the permalink.

40 Responses to Ainda a greve geral e o futuro das lutas em Portugal

Os comentários estão fechados.