Lamento, muito.

Sabugal, 18 de Novembro de 1943 – Porto, 19 de Outubro de 2012

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

1 Response to Lamento, muito.

  1. Entra então pela primeira vez na sua casa

    e deita-se pela primeira vez na sua cama.

    “Para trás ficaram portos, ilhas, lembranças,

    cidades, estações do ano.

    E come agora por fim um pão primeiro

    sem o sabor de palavras estrangeiras na boca.”.

    Como tu dizes.

    Até sempre Manuel.

    mário

Os comentários estão fechados.