Civilização ou barbárie

Segundo esta notícia, na EB1 nº 2 de Quarteira em Loulé, houve uma criança que foi impedida de almoçar porque os pais, alegadamente, têm uma dívida de 30€ para com a escola. A notícia acrescenta o pormenor sádico que a criança terá ficado a assistir ao almoço dos colegas e que, ainda que uma funcionária se tenha oferecido para lhe pagar a refeição, terá sido impedida pela direcção de o fazer.
O nome da directora da escola que não tem pudor em defender a decisão é Conceição Bernardes (destaco o seu nome para que todos os que lhe são próximos se envergonhem de a reconhecer).
A ser verdade o conteúdo da notícia, toda a direcção desta escola tem de ser imediatamente exonerada de qualquer actividade nesta e noutras escolas, e deverá ser aberto pelo ministério público um processo de inquérito por crimes contra a Humanidade.
Não fiquemos calados quando a barbárie nos invade o quotidiano. O silêncio já sabemos onde nos leva.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

32 Responses to Civilização ou barbárie

  1. Pingback: Alguém conhece o rosto da barbárie? | Sentidos Distintos

Os comentários estão fechados.