Ideias velhas com máscaras novas!

Manifesto pede a Cavaco criação de Governo de salvação nacional

O Movimento Revolução Branca, que visa alterar a Constituição e as leis eleitorais para “refundar Portugal”, entrega, esta segunda-feira, um manifesto ao Presidente da República, ao Governo e ao parlamento e partidos políticos, no qual pedem alterações sociopolíticas.

No manifesto, o movimento pede a Aníbal Cavaco Silva para dissolver o Governo e nomear um de iniciativa presidencial, “chefiado por uma personalidade de reconhecido mérito e apartidário”, refere o documento.

“Não existem condições para que a presente legislatura chegue ao fim”, disse um dos fundadores do movimento, Pedro Pereira Pinto, à Lusa, acrescentando que “seria importante que o Presidente tentasse conseguir um Governo de consenso, de unidade nacional, de salvação nacional”.

O manifesto, que será depositado na residência oficial do primeiro-ministro pelas 11 horas, defende que a personalidade escolhida pelo Presidente para liderar o Governo nomeie também “personalidades de reconhecido mérito” para os ministérios da Economia, Finanças, Educação, Justiça, Segurança Social e Administração Interna.

O executivo, adianta o manifesto, “deverá ser nomeado para governar durante o período temporal respeitante à legislatura que estava prevista para o Governo dissolvido”.

Para o meio-dia está marcada a entrega do documento à Assembleia da República e aos partidos políticos, defendendo o manifesto que seja “reaberto o processo constitucional de modo a retirar o exclusivo, dogmático e caduco, de os partidos políticos serem os únicos representantes do povo eleitor na Assembleia da República, permitindo-se que listas de cidadãos independentes, suportados pela sociedade civil, possam concorrer às eleições legislativas”.

Sinto o bafo do Estado Novo a soprar-me no pescoço. É bom que se revelem. Cá estamos para os enfrentar!

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

8 Responses to Ideias velhas com máscaras novas!

Os comentários estão fechados.