Criar um, dois, três protestos. Este orçamento não passará!

Ninguém pode ficar alheio a mais um gigantesco sinal que foi dado no Sábado. Milhares de pessoas estiveram na rua nos diversos protestos que encheram Lisboa e o país. Ninguém pode negar que o povo tem vindo a acordar – recuperando tanto do nosso riquíssimo cancioneiro de Abril – expressando-se nas ruas em manifestações e protestos, fazendo política activa e construindo a democracia no presente. Não me parece absurdo dizer que, durante o último mês, terão estado na rua e nos diferentes protestos por todo o país, mais pessoas do que as que contribuíram com o seu voto para eleger a actual maioria governamental. Este governo perdeu toda a legitimidade que lhe era conferida pelo acto eleitoral.
Mas a luta não começou no dia 15 de Setembro, nem acabará amanhã.
Hoje, na Assembleia da República, prepara-se mais uma batalha com o cerco ao Parlamento (evento no facebook) convocado por vários colectivos.
Até logo.

 

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 Responses to Criar um, dois, três protestos. Este orçamento não passará!

Os comentários estão fechados.