Quem Paga o Estado Social em Portugal?

Quanto pagam e quanto recebem os trabalhadores do Estado? Quanto é transferido do SNS para as PPP privadas? Quais os direitos conquistados e quais os perdidos nas últimas quatro décadas em Portugal? O que aconteceu em Portugal nos anos 80, com o segundo empréstimo do FMI, a vitória de Cavaco Silva e a entrada na CEE? Quanto pagam e o que recebem do Estado os imigrantes? Estamos perante uma crise cíclica ou em crise permanente desde a década de 70? Há ou não ondas longas na economia? A história da crise de 1929: EUA na era Roosevelt, a frente popular em França, a revolução espanhola e o nazismo. Como vai ser no próximo ciclo de crise sem ter taxas de juro para baixar? Como é que a dívida actua como um mecanismo de acumulação privada de capital? História da formação do Estado-providência europeu. A revolução argentina e a crise grega. Os novos movimentos sociais: quem são, o que querem, composição social e tipos de protestos e lutas. Quadro com os planos de austeridade na Europa.

Eis um resumo de Quem Paga o Estado Social em Portugal?, que amanhã será lançado, por António Marinho da Silva, médico, na Bertrand Picoas Plaza, com debate público e presença de autores, às 19 horas.

Os autores dedicam este livro a todos os médicos e enfermeiros que ergueram e lutam pela conservação do Serviço Nacional de Saúde. A todos os professores que defendem a escola pública, de qualidade, de todos e para todos”, Julho de 2012

Anwar Shaikh (Economista)

Cláudio Katz (Economista)

Elaine Rossetti Behring (Prof. Serviço Social)

Éric Toussaint (Economista)

Eugénio Rosa (Economista)

Felipe Demier (Historiador)

Gilberto Calil (Historiador)

Maria Augusta Tavares  (Prof. Serviço Social)

Osvaldo Coggiola (Historiador)

Paulo Nakatani( Economista)

José Martins (Economista)

Reinaldo Carcanholo (Economista)

Raquel Varela (Historiadora)

Renato Guedes (Físico teórico)

Rui Viana Pereira (Tradutor)

Savas Michael-Matsas (Médico, filósofo)

Valério Arcary (Historiador)

 

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 Responses to Quem Paga o Estado Social em Portugal?

  1. Pingback: A surrealidade da dívida e de Pedro Braz Teixeira | cinco dias

Os comentários estão fechados.