Camaradagem

A Marcha entra amanhã no distrito de Lisboa.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to Camaradagem

  1. JgMenos diz:

    Contra o desemprego era aquela cena da TSU.
    Como é que uma marcha vai fazer efeito algo parecido?
    Vale pelo exercício!

    • De diz:

      Vale este comentário de JMenos, sobretudo pela defesa implícita de ficar paradinho a aguardar o agravamento da situação e/ou a resignação pelo terrorismo social praticado pela governação em curso.
      Mas há outra peculiaridade. JMenos acha que “aquela cena” do TSU constituía alguma solução para o desemprego.
      Como se sabe só a fina flor do neoliberalismo extremista defendeu/defende tal ideia. Qual Borges ou Gaspar. JMenos filia-se assim em tal clube.
      Percebe-se o rancor pela Marcha e pela Camaradagem.
      Vale aquele comentário pelo exercício digital nas teclas do computador.Embora o pretendido pelo dito cujo seja bem mais amplo do que.

  2. Maia diz:

    O vídeo que demonstra bem a solidariedade vivida nesse momento

  3. Vasco diz:

    Que foto! Que marcha!

Os comentários estão fechados.