Picoito, o “liguista” disléxico.

Pior do que a inépcia linguística do homófobo Picoito, só o tom antidemocrático com que confunde a Venezuela com Cuba. Alguém devia explicar ao preconceituoso que ‘chamado’ em Português é sinónimo de ‘apelo’ ou de ‘convocatória’ e é precisamente isso que cada vez mais gente e organizações estão a fazer para chumbar o Orçamento. Assumindo que ‘niguém’ é mesmo ‘ninguém’, alguém lhe devia explicar que quando se afirma ‘Passos que se vá’, é o mesmo que dizer ‘Passos, vai-te embora’. Alguém que convide o homem para o jantar da Liga dos Amigos contra a Dislexia.

Muito agradecido.

Ou ‘Mumto agadeçídu’.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

17 Responses to Picoito, o “liguista” disléxico.

  1. Pingback: Hey, Picoito, leave them kids alone! | cinco dias

  2. Pingback: Olé y vuelta « Declínio e Queda

Os comentários estão fechados.