Juro que reparei nalguns rabos socialistas a mexer sempre que a Presidente da AR perguntava quem votava a favor das moções de censura.

Eram as suas consciências, de saída pelo buraco mais próximo.

Um deputado ‘socialista’ no final do debate das moções de censura do BE e do PCP, apanhado nos Passos Perdidos, à procura da sua consciência.
Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

3 Responses to Juro que reparei nalguns rabos socialistas a mexer sempre que a Presidente da AR perguntava quem votava a favor das moções de censura.

Os comentários estão fechados.