A cada dia que passa a renda da dívida sobe

Enquanto se discute a TSU e os impostos, a renda dos capitalistas, patrióticos e estrangeiros, sobe todos os dias. Sem alarido, sem discussão, o capital acumula-se na dívida: «Juros da dívida a 10 anos sobem no dia em deverão ser anunciadas novas medidas de austeridade». É mais ou menos um tipo estar a olhar para o lado a pensar que vai ser atropelado por uma bicicleta enquanto do outro lado se aproxima um comboio.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 Responses to A cada dia que passa a renda da dívida sobe

Os comentários estão fechados.