Este dinheiro regressará a Portugal mediante o pagamento das taxas de juro em vigor

A contribuição inicial de Portugal será feita através de cinco transferências de 400 milhões de euros cada, que darão um total de 2.000 milhões de euros, correspondente a 2.000.746 ações do MEE.
A participação total de Portugal prevista é de 17,56 mil milhões de euros, mas este valor só será acionado se for necessário, por exemplo, para algum empréstimo a um dos países em dificuldades.

Aqui

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 Responses to Este dinheiro regressará a Portugal mediante o pagamento das taxas de juro em vigor

  1. Dezperado diz:

    Explique-me uma coisa Tiago.

    Se o dinheiro que nós transferirmos para o fundo, se for usado por outro país em dificuldades, teremos ou não direito a juros, pagos por esse país?

    • De diz:

      Há, por quem faz este comentário, um certo ar de “homem de negócios” muito preocupado com a rentabilidade do dinheiro
      Um certo grau de usurário mesquinho.Que se mistura com a tentativa mal escondida de defesa do neoliberalismo que singra,sangrando os povos.
      Há um certo tom,pretensamente ingénuo, nesta defesa das negociatas maiores, enquanto paralelamente se tenta defender o inqualificável da posição governamental.
      “De onde virão os recursos para o MEE? Dos orçamentos nacionais de cada país, pois este tem o poder despótico de requisitar-lhes recursos a qualquer momento – os quais terão de ser transferidos no prazo de sete dias. Ou seja, o futuro que eles preparam é depauperar os orçamentos dos estados membros da zona euro – os quais cobrem as despesas sociais de cada país – em benefício do capital financeiro. ”

      Muito mais há a dizer.Fica para mais tarde.

      • Dezperado diz:

        De, eu acho que fiz uma pergunta simples. Se conseguires responder, agradeço-te, se é para a discussão do bla bla bla…não te incomodes!

        • De diz:

          Dezperrado?
          Como?
          Vossemecê fez uma pergunta simples?

          Mas francamente o que tenho eu a ver com o tom “simples” da sua questão?Mais.O que tenho eu a ver com respostas tão simples como a deste dezperado?

          Denunciar as pulhices neoliberais está muito para além da retórica simples dos dezperados de ocasião. Quer estes apareçam com o fato de agiota na mão,quer surjam com o paleio pusilânime feito bla bla bla fugitivo.
          Sorry mas não passa.Nem parado(s) nem a andar

        • De diz:

          Mas sejamos (ainda) mais frontais.
          O tal bla bla bla que aquele que tem agora o nick de “dezperado” utiliza , esconde uma coisa:
          A tentativa de ocultar o autêntico escândalo aqui denunciado pelo Tiago.

          A fuga bacoca perante o debate, esconde-se na “singeleza” feita virgem púdica? Disfarçada de “investidora”à espera de receber juros pelo roubo institucional?

          “O objectivo oficial do MEE é ajudar os países que têm dificuldades financeiras. De facto, ele sobrecarrega com ainda mais dívidas os países já endividados. Os empréstimos destes fundos de emergência são concedidos com condições que põem os países sob tutela, substituindo dirigentes democraticamente eleitos por banqueiros, o que limita o poder dos parlamentos, o que implica cortes nas administrações públicas e a imposição de medidas de austeridade que provocaram deliberadamente uma grave crise económica e um desemprego maciço. É a doutrina de choque, tal como a descreve Naomi Klein.”

          É já ver o que se passa no nosso país.
          (Entretanto pudicamente há quem se abane e inquira sobre os juros a receber por Portugal. Talvez já em 2013, como passos coelho profetizava como sendo o ano da inversão da recessão?
          Ah e como alguém aí diz em baixo, o contribuinte a pagar, o investidor a receber.
          Sorry mas fede)

          Voltaremos a isto para desespero de alguns dezesperados.

          • Dezperado diz:

            ò De, o alcool está a dar cabo de ti! Deixa o alcool e depois talvez possamos discutir qualquer assunto com seriedade e não com esse bla bla bla e as teorias da conspiração.

          • De diz:

            Dezparado?
            Álcool?
            Agora o refúgio no álcool é o caminho de fuga para um neoliberal desesperado.E ainda por cima com tons de seriedade…
            🙂
            já viu se ganhou alguma coisa com os juros de agiota com que os investidores se babam?
            Lindo
            🙂
            Agora tenho que ir.

  2. Luis Almeida diz:

    Uma economia “de mercado” ( eufemismo para capitalismo ) engendra uma sociedade de mercado. Onde tudo é mercadoria: a saúde, a educação, etc. Até a água!Só falta o ar…
    Não quero esta sociedade, não quero este sistema, não quero esta banca nem estes grupos financeiros, criminosos e assassinos.
    E vou lutar para lhes pôr fim! Como tenho que começar por algum lado, vou começar por lutar para pôr fim a este governo…
    O capitalismo já demonstrou à saciedade que não resolve, antes agrava todos os problemas.
    Passemos ao Plano B !

  3. xatoo diz:

    os investidores recebem, os contribuintes pagam

Os comentários estão fechados.