Conselho do Povo

A resposta ao chamado para a vigília do Conselho de Estado tem que servir para mais do que mudar um par de ministros e negociar a dimensão da TSU. Ninguém sai à rua para que o governo se borrate com cosmética. Felizmente, há vida para além do défice e não falta quem esteja disposto a endurecer a luta.

Nota: No marco de mais um processo de criminalização dos protestos, o MSE solidariza-se com o RDA69.
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.