A comunicação social na defesa do poder instituído VI

O Prós e Contras de ontem foi uma vergonha! O Provedor de Justiça começa por insistir na manipulação que Seguro tinha ensaiado, declarando que a manifestação “que se lixe a troika” é contra a medida da TSU. Mais tarde faz o elogio da necessidade de cá termos a troika e conclui dando força a Cavaco Silva.
Desconheço se algum dos proponentes da manifestação de 15 de Setembro foi convidado para participar no painel de 3 convidados. Lamento sinceramente que André Freire, pelo qual tenho estima e consideração, se tenha prestado a ser figurante de tamanha palhaçada.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

8 respostas a A comunicação social na defesa do poder instituído VI

  1. RS diz:

    André Freire não foi figurante, foi activo participante.

    • rosaamarela diz:

      Desculpe RS, estive a ver o programa atentamente, afinal era o primeiro depois do adeus, e todos me pareceram figurantes.

  2. rosaamarela diz:

    Só posso concordar.

  3. Dezperado diz:

    Tambem tive pena de não ter estado lá ninguem do movimento do 15 de Set. Poderia ser que pela primeira vez, conseguissemos descobrir qual a alternativa que propõe…além do bla bla bla que o nosso povo adora!!!

    • De diz:

      O bla bla bla do costume do dezparado,incapaz todavia de ocultar o despeito pelo facto do tal “nosso povo” adorar ouvir quem não verga a coluna aos pulhas de ocasião.
      🙂

  4. Baresi88 diz:

    Gosto de saber que há malta atenta e crítica para fazer frente a esses fascistas. Parabéns camarada.

  5. Miguel Lopes diz:

    “Lamento sinceramente que André Freire, pelo qual tenho estima e consideração”

    Grande estima e consideração?! Porquê?!

Os comentários estão fechados.