Camilo Lourenço propõe o despedimento de 100.000 funcionários públicos

É óbvio que Camilo também retiraria aos funcionários públicos o direito à indemnização, ao subsídio de desemprego e decretaria a lei marcial para impedir manifestações. “Eu sei que isto dói”, “faz parecer” que Camilo não gosta de democracia…

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 Responses to Camilo Lourenço propõe o despedimento de 100.000 funcionários públicos

Os comentários estão fechados.