A comunicação social na defesa do poder instituído V

A convocatória para uma nova manifestação na próxima 6ª feira, em frente ao Palácio de Belém, foi tornada pública ontem à noite (Domingo), no facebook. Em poucas horas já tem 2.200 adesões. Para a maioria da comunicação social é irrelevante.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a A comunicação social na defesa do poder instituído V

  1. É preciso unirmo-nos e contribuirmos para que este governo nos deixe em paz. Queremos um Portugal onde se defenda o direito ao trabalho e fim destas bárbaras medidas de austeridade.

  2. Mário Estevam diz:

    Tiago, a Esperanza Aguirre demitiu-se…

  3. Pingback: Concentração: Reunião do Conselho de Estado |

  4. José Manuel Vargas diz:

    É “irrelevante” porque nas razões da convocatória fala-se em rasgar o memorando e na greve geral. Não permite interpretações dúbias, nem colagens de troikistas com falta de memória.

Os comentários estão fechados.