A luta continua (actualizado)

É certo que uma grande parte das pessoas que estiveram ontem nas manifestações anti-troika espalhadas por todo o país têm estado em inúmeras mobilizações, manifestações ou greves, convocados pela CGTP. A sua luta, não começou nem terminou ontem.
É certo que uma parte dos que ontem estiveram nas ruas do país ainda não irão à manifestação do próximo dia 29 em Lisboa por ser convocada pela CGTP. É certo que alguns, creio que poucos, que costumam fazer a luta ao lado daquela central sindical não estiveram ontem nas ruas porque a manifestação não era convocada pela CGTP.
Mas a imagem da presença da delegação da CGTP – com a ausência da UGT – e as declarações de Arménio Carlos abrem uma porta importantíssima na unidade de acção entre quem está disponível para combater a troika e derrotar esta política.
Se, durante esta semana, importa mobilizar para a concentração de 6ª feira durante o Conselho de Estado dos troikistas (a convocatória já está a circular aqui aqui), importa sobretudo mobilizar para a manifestação nacional de dia 29 em Lisboa. De todo o país, sindicalizados, não sindicalizados, anti-troikistas, indignados e afins, temos a obrigação de fazer crescer o protesto, derrubando o sectarismo de quintal e enchendo Lisboa (evento do facebook aqui).

 

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 Responses to A luta continua (actualizado)

Os comentários estão fechados.