As responsabilidades

Depois de apontar responsabilidades a tudo e a todos, generalizando por vezes de forma ofensiva e colocando-se no confortável posto de observador-salvador, estou ansioso por ver se o Daniel Oliveira vai escrever um 6º tomo dos seus artigos sob o titulo de: “Anatomia de um assalto: as minhas responsabilidades individuais.”

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a As responsabilidades

  1. JPT diz:

    ao nível a que o país está, o que vale a pena mesmo é bater no Daniel Oliveira. Não têm mais nada que fazer?

  2. Nuno diz:

    Depois de ter postado, insistentemente, há uns meses, o FMI do José Mário Branco no Arrastão, valeria agora a pena perguntar a Daniel Oliveira que raio entendeu ele das frases:

    “Não há português nenhum que não se sinta culpado de qualquer coisa, não é filho? Todos temos culpas no cartório, foi isso que te ensinaram, não é verdade? Esta merda não anda porque a malta, pá, a malta não quer que esta merda ande, tenho dito. A culpa é de todos, a culpa não é de ninguém, não é isto verdade? Quer isto dizer, há culpa de todos em geral e não há culpa de ninguém em particular! Somos todos muita bons no fundo, né? Somos todos uma nação de pecadores e de vendidos, né?”

    JPT – percebo a observação, mas acho que a crítica entre pessoas que até se afirmam, na generalidade, do mesmo ‘lado da barricada’, não diminui em nada a ‘luta’… possivelmente até a fortalece! Abraço!

  3. eduardo ferreira diz:

    Para JPT:

    Quem responde ao DO está a «bater»-lhe. Mas ele não bateu antes em ninguém ?

Os comentários estão fechados.