República das Bananas

Consta que na Grécia a ruptura de medicamentos é comum. Este, neste caso, é um medicamente de emergência que até em clínicas está em ruptura e, ao contrário do que diz esta senhora, muitas farmácias dão a vacina sem terem o medicamento. Mais, não há nenhum substituto à venda. Com 1 milhão e 300 mil desempregados – uma mercadoria excedente até para exército de reserva! -, que interessa um a mais ou um a menos.

Lisboa, 13 set (Lusa) – Uma caneta com adrenalina, usada em casos de reação alérgica grave, está esgotada há meses nalgumas farmácias, mas a distribuidora conta receber o produto na próxima quarta-feira e colocá-lo no mercado dois dias depois.A Anapen é uma seringa pré-cheia de adrenalina (epinefrina) que está inserida num dispositivo de injeção automática e que é usada no tratamento de emergência de reações alérgicas graves ou de anafilaxia. Ana Maria Passos, diretora geral da distribuidora da Anapen, explicou à agência Lusa que na origem desta rutura estão problemas de fabrico que impediram a distribuição do produto. A caneta de adrenalina deverá chegar a Portugal na próxima quarta-feira e dois dias depois começar a ser distribuída pelas farmácias.Ana Maria Passos garante que nalgumas farmácias ainda existem canetas, nomeadamente as que administram a vacina sazonal e que são obrigadas a ter um medicamento SOS para responder a possíveis reações alérgicas a este medicamento».

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 Responses to República das Bananas

Os comentários estão fechados.